Seguidores

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Medo

Sinto um medo enorme dentro de mim.

Um vazio cá dentro.
Você me deixas assim.
Isto é um autêntico tormento.
Ainda não te conheci,
Mas de te conhecer, já eu desisti.
Podias ter sido brisa viva em mim,
Mas já não espero por ti.
Todas os dias penso como seria amizades novas fazer.
Mas a solidão,
Apodera-se do meu coração
E só tenho vontade de  desaparecer.
Fujo de mim,
Fujo da minha felicidade.
Tudo por que tenho medo de sofrer
Medo de nunca o ter.
Por favor, fala comigo,
Tem-me carinho e amizade.
Não te peço nada mais,
Senão um pouco de cumplicidade.
sinto-me: triste, vazia, amargurada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUAS AMIGAS

DUAS AMIGAS
A PRIMEIRA FOTO Q CONSEGUI DAS DUAS JUNTAS