Seguidores

terça-feira, 1 de junho de 2010

Guarda Municipal é detido acusado de tentar furto e subornar policial

A Guarda Municipal de Corumbá (GMC) abriu processo administrativo para apurar a participação de um guarda municipal num caso de tentativa de furto de peças de veículos apreendidos e que estavam no pátio da Polícia Civil, na rua Luiz Feitosa Rodrigues. Ele também teria tentado subornar o policial civil que fez o flagrante, por volta das 15 horas de sábado, 29 de maio.

A este Diário, o comandante da Guarda Municipal de Corumbá, capitão bombeiro Fábio Catarineli, informou que o processo administrativo tem trinta dias para ser concluído. Enquanto isso, o guarda vai mudar de função. A pena máxima para o processo administrativo pode ser a demissão do cargo.
Outros dois homens foram presos com o guarda, um deles é mecânico e estava com um jogo completo de chaves para a retirada das peças. No pátio da delegacia, que passa por reforma, estão cerca de 30 carros. A Polícia aguarda uma definição judicial para a destinação dos veículos.
De acordo com o delegado Enilton Zalla, responsável pelas investigações, o guarda foi indiciado pelos crimes de tentativa de furto qualificado, por abuso de confiança, concurso de pessoas e por corrupção ativa. Se condenado judicialmente pode pegar até 2 anos e 4 meses de prisão por furto e de 2 a 12 anos de reclusão por corrupção.

o guarda municipal vai responder em liberdade porque pagou fiança. Os outros dois envolvidos vão responder por furto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUAS AMIGAS

DUAS AMIGAS
A PRIMEIRA FOTO Q CONSEGUI DAS DUAS JUNTAS